Relação mente e corpo

Quando analisamos o ser humano em um todo podemos compreender que praticamente tudo o que afeta o corpo físico vai afetar também a mente e vice-versa;  quando alguém está triste todo seu organismo estará fraco, ou seja, falta energia para se fortalecer. A base para se ter uma vida saudável nada mais é que a harmonia entre energia, mente e corpo.

Sem título

Os exercícios físicos realizados como uma “terapia corporal”  ajudam a restabelecer este equilíbrio entre corpo/mente/energia, trabalhando com os estados emocionais e energéticos do corpo.

A mente e o corpo de uma pessoa funcionam como sistemas complementares para expandir os sentimentos de bem estar e prazer de cada um. Ou seja, quando algo acontece de diferente no corpo, a mente determina seu significado, o traz para a realidade e cuidar de definir como vai ser sua liberação para o mundo.

“Temos um corpo ou somos um corpo”? É muito importante lembrarmos que o corpo não é um objeto, ele está sempre se transformando e a consciência que temos dele é alcançada quando o conhecemos. Só podemos conhecer o corpo quando temos consciência corporal. Esse conhecer é tanto psicológico, biológico, social ou cultural.

Em toda campanha de publicidade, seja ela qual for, somos bombardeados com imagens de modelos com corpos bonitos, e ter um “corpo perfeito” transformou-se num fator de aceitação social, e por consequência numa necessidade. Surgirá sempre uma comparação entre o que vemos, o que somos e o que gostaríamos de ser, seguida de decepções. Estas comparações levam a uma baixa auto estima e uma imagem corporal negativa, partindo daí as pessoas passam a levar uma vida muito menos saudável, pois o equilíbrio entre o físico e a mente é necessário para obter o bem-estar geral.

Essa ligação com a natureza tropical e corpos a mostra, faz com que todos procurem cada vez mais a perfeição, o culto ao narcisismo. Esse apego com o exterior, o corpo, o belo, faz com que cada um se distancie aos poucos do seu interior, atrapalhando diretamente a ligação entre o corpo e a mente. Pois o indivíduo deixa de ser ele mesmo e passa a ser um esteriótipo.

Em resumo, aceitar-se e trabalhar ser o que realmente se é um ótimo caminho para ter uma boa relação entre sua mente e seu corpo!

Como fazer isto? É um assunto para os próximos posts… 😉

Anúncios

Marcado:, , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: